14
Out 15

Palestra de Gilmar da Cunha Trivelato - 09-10-2015

No dia 09 de outubro tivemos o prazer de receber na nossa casa o palestrante espírita brasileiro Gilmar da Cunha Trivelato.

Presenteou-nos, é o termo, com uma palestra baseada na Parábola do Bom Samaritano tendo sido apresentada num contexto que cativou grande interesse por parte da assistência. A descrição da vida na Palestina na época de Jesus, o significado da deslocação dos intervenientes de uma cidade para a outra e, ainda, a do sacerdote que apenas estava de passagem, permitiu que entrássemos mais profundamente naquela época e percebêssemos melhor a própria parábola.

Gilmar Trivelato

Gilmar Trivelato-Painel

 

Gilmar Trivelato - Assistencia

18
Jul 15

Comemoração do nosso 34º Aniversário

Comemorámos este ano o 34º aniversário da nossa Casa no dia 28 de Junho aproveitando esta data para realizarmos uma homenagem ao médium português Fernando Augusto de Lacerda e Mello, pelo 150º aniversário do seu nascimento. Com a casa praticamente cheia e a presença do Presidente da Federação Espírita Portuguesa, Victor Móra Féria, e sua esposa, após alguns cânticos, palavras de boas vindas proferidas pela Dirigente da nossa Casa e sorteio de alguns livros relacionados com o médium português, deu-se, então, início à referida homenagem com a leitura, por parte dos colaboradores da COMUNHÃO, de um texto biográfico completado com vários poemas de sua autoria. Como de hábito, no final teve lugar um lanche de confraternização entre todos os presentes.

Das fotos do evento escolhemos, para assinalar a homenagem, a exposição de diversas fotos e documentos, relacionados com a vida do médium.

ANIV-CECL2-1

25
Fev 15

Seminário UERL-União Espírita da Região de Lisboa - 2015

A UERL - União Espírita da Região de Lisboa realizou o seu Seminário anual no dia 15 de Março de 2015. O tema do Seminário foi: Justiça Divina - Comemoração dos 150 Anos de "O Céu e o Inferno".

A nossa Casa participou neste Seminário com a apresentação do trabalho "Morte: a outra face da vida".

Pode visualizar o nosso trabalho em "POWER POINT" ou em "PDF" clicando no seu nome.

Em "POWER POINT" :  Morte - a outra face da vida

Em "PDF" : Morte - a outra face da vida

Apresentação do Trabalho da Nossa Casa

Apresentação do Trabalho da Nossa Casa

Mesa Redonda

Mesa Redonda

Coro e Orquestra Eletroacústica da FEP (Encerramento)

Coro e Orquestra Eletroacústica da FEP (Encerramento)

Vista Geral da Assistência

Vista Geral da Assistência

22
Fev 15

Palestra de Isabel Saraiva - 21-02-2015

Pensamos que todos nós, espíritas, conhecemos Isabel Saraiva, da Associação Espírita de Leiria - que tanto tem pugnado pelo Movimento Espírita Português, trazendo até nós aqueles oradores que vai conhecendo e nos podem transmitir algo de bom.

Mas a Isabel também fala e se faz palestras em Portugal, também as tem feito pelo estrangeiro, dignificando sempre mais o nosso Movimento Espírita.

Excelente oradora, preparando sempre as suas apresentações com um cuidado extremo, ela esteve no dia 21/2 na nossa Casa, onde falou sobre os "transtornos psicológicos/obsessão", mantendo a assistência presente pendente das suas palavras.

Eis um apontamento desse momento.

Isabel Saraiva  - Painel (2)

Isabel Saraiva  - Painel (1)

Isabel Saraiva - Assist 1

Isabel Saraiva - Assist 2

 

 

15
Fev 15

Nossa Festa de Natal de 14-12-2014

Comemorámos neste dia o Nascimento de Jesus com a representação teatral – “O Espírito de Natal".

UM BREVE RESUMO SOBRE A PEÇA: Santos era um empresário, muito conhecido na Bolsa, sem nunca ter casado, pois sempre colocou o trabalho em primeiro lugar, sendo o escritório o seu covil de negociatas. Apesar de ser abastado era um "unhas-de-fome". Jamais alguém conseguiu arrancar uma única centelha generosa, mostrando-se taciturno e isolado como uma ostra. O Sr. Santos era tão temido, que ninguém ousava dirigir-lhe a palavra mesmo para lhe desejar um bom dia. Mas o Sr. Santos um dia vai mudar...

abertura

19
Out 14

Comemoração do nosso 33º Aniversário

No dia 22 de junho de 2014, comemorámos o 33º aniversário da nossa Casa.  Foi reposta em cena a peça de teatro “A CRUZ“ representada pelo grupo cénico da COMUNHÃO. Esta peça já foi apresentada em vários locais em eventos especiais, mas continuou a merecer da assistência o mesmo agrado de sempre.

Foram três meses de ensaios com ampla alegria devido à confraternização que se cria naqueles momentos.

Esta peça, à semelhança de outras que temos apresentado, teve um cunho doutrinário abordando diversas reencarnações de um personagem que numa situação de amargura e desespero coloca em causa a existência de Deus e está prestes a cometer o suicídio.

Em sonho, são-lhe mostradas algumas passagens das suas reencarnações e referido várias vezes que são “as suas outras vidas”. Conscientizado das múltiplas vivências na Terra, da vida eterna e obviamente da existência de Deus, termina a peça com o personagem ajoelhando-se a uma cruz, representativa da que todos temos que carregar em cada uma das viagens da nossa vida.

No final, houve o habitual lanche de confraternização.

Personagens das 5 reencarnações da peça.

        Personagens das 5 reencarnações representadas na peça "A CRUZ"

 

 

 

4
Fev 14

Nossa Festa de Natal de 15-12-2013

Comemorámos neste dia o Nascimento de Jesus com leitura de vários textos, poesias, cânticos e uma pequena representação teatral – “A Dávida Perfeita”.

28
Nov 13

Livros Editados pela FEP/CECL

DE: MANUELA VASCONCELOS

Movimento Espírita Português & Alguns Vultos

Movimento Espírita Português & Alguns Vultos

Uma Escada Para o Céu

Uma Escada Para o Céu

Teresinha e os Balões

Teresinha e os Balões

25
Nov 13

Comemoração do nosso 32º Aniversário

“A Comemoração do 32.º aniversário da nossa Casa aconteceu no dia 23 de Junho, começando com a apresentação da peça de teatro" E AGORA?..., representada pelo grupo cénico da COMUNHÃO. Foi uma peça escrita para o momento, e, baseada na pergunta que muitas entidades, depois de serem esclarecidas da sua situação, fazem para o doutrinador: E Agora?... Pronto, morremos, a vida continua, mas o que é que vamos fazer?

Então, no 1º acto foi apresentado o despertar do outro lado, sem luz, sem saberem o que lhes tinha acontecido... Depois de uma prece, que escutam sem saber quem a diz, sentem-se diferentes; talvez fazendo o mesmo... Um deles decide dizer o Pai Nosso e o socorro surge para alguns... No 2º acto, é a mostra da vida que continua, primeiro entre dois dos socorridos, acabando um deles por ser aprisionado por um grupo de obsessores, e o reencontro do outro com os familiares que o vêm buscar. O final é a apoteose, com todos os actores em palco, dizendo uma prece, enquanto pétalas de flores caem sobre todos.